As 5 melhores vitaminas para o crescimento do cabelo

Muitas pessoas veem um cabelo com aparência saudável como um sinal de saúde ou beleza.

Como qualquer outra parte do seu corpo, o cabelo precisa de uma variedade de nutrientes para ser saudável e crescer.

Na verdade, muitas deficiências nutricionais estão relacionadas à queda de cabelo.

Embora fatores como idade, genética e hormônios também afetem o crescimento do cabelo, a ingestão ideal de nutrientes é fundamental.

Abaixo estão 5 vitaminas e 3 outros nutrientes que podem ser importantes para o crescimento do cabelo.

1. Vitamina A

Todas as células precisam de vitamina A para crescer. Isso inclui o cabelo, o tecido de crescimento mais rápido no corpo humano.

Saiba mais em: http://personalsite.com.br/follichair-funciona-mesmo/

A vitamina A também ajuda as glândulas da pele a produzir uma substância oleosa chamada sebo. O sebo hidrata o couro cabeludo e ajuda a manter o cabelo saudável (2Fonte confiável)

Dietas deficientes em vitamina A podem levar a vários problemas, incluindo queda de cabelo (3Fonte confiável)

Embora seja importante obter vitamina A suficiente, o excesso pode ser perigoso. Estudos mostram que uma overdose de vitamina A também pode contribuir para a perda de cabelo (4Fonte confiável)

Batatas-doces, cenouras, abóboras, espinafre e couve são ricos em beta-caroteno, que é transformado em vitamina A.

A vitamina A também pode ser encontrada em produtos de origem animal, como leite, ovos e iogurte. O óleo de fígado de bacalhau é uma fonte particularmente boa.

Você também pode encontrar suplementos de vitamina A conectados

CONCLUSÃO:Seu cabelo precisa de vitamina A para se manter hidratado e crescer. Boas fontes incluem batata-doce, cenoura, espinafre, couve e alguns alimentos de origem animal.

2. Vitaminas B

Uma das vitaminas mais conhecidas para o crescimento do cabelo é uma vitamina B chamada biotina.

Estudos relacionam a deficiência de biotina com queda de cabelo em humanos (5Fonte confiável)

Embora a biotina seja usada como um tratamento alternativo para a queda de cabelo, aqueles que são deficientes têm os melhores resultados.

No entanto, a deficiência é muito rara porque ocorre naturalmente em uma ampla variedade de alimentos.

Também faltam dados sobre se a biotina é eficaz para o crescimento do cabelo em indivíduos saudáveis.

Outras vitaminas B ajudam a criar glóbulos vermelhos, que transportam oxigênio e nutrientes para o couro cabeludo e os folículos capilares. Esses processos são importantes para o crescimento do cabelo.

Você pode obter vitaminas B de muitos alimentos, incluindo grãos inteiros, amêndoas, carne, peixe, frutos do mar e verduras escuras e folhosas.

Além disso, os alimentos de origem animal são as únicas boas fontes de vitamina B12. Portanto, se você está seguindo uma dieta vegetariana ou vegana , considere tomar um suplemento.

Você pode encontrar suplementos de vitamina B conectados

CONCLUSÃO:As vitaminas B ajudam a transportar oxigênio e nutrientes para o couro cabeludo, o que auxilia no crescimento do cabelo. Grãos integrais, carne, frutos do mar e folhas verdes escuras são boas fontes de vitaminas B.

3. Vitamina C

Os danos dos radicais livres podem bloquear o crescimento e causar o envelhecimento do cabelo.

A vitamina C é um poderoso antioxidante que ajuda a proteger contra o estresse oxidativo causado pelos radicais livres (6Fonte confiável)

Além disso, seu corpo precisa de vitamina C para criar uma proteína conhecida como colágeno – uma parte importante da estrutura do cabelo.

A vitamina C também ajuda o corpo a absorver o ferro, um mineral necessário para o crescimento do cabelo.

Morangos, pimentões, goiabas e frutas cítricas são boas fontes de vitamina C.

CONCLUSÃO:A vitamina C é necessária para produzir colágeno e pode ajudar a prevenir o envelhecimento do cabelo. Boas fontes incluem pimentas, frutas cítricas e morangos.

Obtenha orientação nutricional diária, feita para você

Enviaremos orientações baseadas em evidências de especialistas em nutrição para ajudá-lo a se tornar o melhor de si mesmo.

4. Vitamina D

Os baixos níveis de vitamina D estão ligados à alopecia, um termo técnico para queda de cabelo (7Fonte confiável)

A pesquisa também mostra que a vitamina D pode ajudar a criar novos folículos – os minúsculos poros no couro cabeludo onde novos cabelos podem crescer.

Acredita-se que a vitamina D desempenhe um papel na produção do cabelo, mas a maioria das pesquisas concentra-se nos receptores de vitamina D. O real papel da vitamina D no crescimento do cabelo é desconhecido.

Dito isso, a maioria das pessoas não obtém vitamina D suficiente e ainda pode ser uma boa ideia aumentar sua ingestão.

Seu corpo produz vitamina D por meio do contato direto com os raios solares. Boas fontes dietéticas de vitamina D incluem peixes gordurosos, óleo de fígado de bacalhau, alguns cogumelos e alimentos fortificados.

Suplementos de vitamina D estão disponíveis conectados

CONCLUSÃO:O papel real da vitamina D no crescimento do cabelo não é conhecido, mas uma forma de queda de cabelo está ligada a deficiências. Você pode aumentar os níveis de vitamina D por meio da exposição ao sol ou comendo certos alimentos.

5. Vitamina E

Semelhante à vitamina C, a vitamina E é um antioxidante que pode prevenir o estresse oxidativo.

Em um estudo, pessoas com queda de cabelo experimentaram um aumento de 34,5% no crescimento do cabelo após suplementação com vitamina E por 8 meses (9Fonte confiável)

O grupo placebo teve apenas um aumento de 0,1% (9Fonte confiável)

Sementes de girassol, amêndoas, espinafre e abacate são boas fontes de vitamina E.

CONCLUSÃO:A vitamina E ajuda a prevenir o estresse oxidativo e aumenta o crescimento do cabelo. Boas fontes dietéticas incluem sementes de girassol, amêndoas, espinafre e abacate.

6. Ferro

O ferro ajuda os glóbulos vermelhos a transportar oxigênio para as células. Isso o torna um mineral importante para muitas funções corporais, incluindo o crescimento do cabelo.

A deficiência de ferro, que causa anemia, é uma das principais causas da queda de cabelo. É especialmente comum em mulheres (10Fonte confiável, 11Fonte confiável, 12Fonte confiável, 13Fonte confiável)

Saiba mais no site oficial Follichair

Alimentos ricos em ferro incluem amêijoas, ostras, ovos, carne vermelha, espinafre e lentilhas.

Suplementos de ferro disponíveis conectados

CONCLUSÃO:A deficiência de ferro é uma das principais causas de queda de cabelo, especialmente em mulheres. As melhores fontes de ferro incluem amêijoas, ostras, ovos, carne vermelha, espinafre e lentilhas.

7. Zinco

O zinco desempenha um papel importante no crescimento e reparo do tecido capilar. Também ajuda a manter as glândulas sebáceas ao redor dos folículos funcionando corretamente.

A perda de cabelo é um sintoma comum de deficiência de zinco (14Fonte confiável, 15Fonte confiável)

Estudos mostram que os suplementos de zinco reduzem a perda de cabelo causada pela deficiência de zinco (16Fonte confiável, 17Fonte confiável)

No entanto, existem alguns relatos anedóticos de que a suplementação com uma dose muito alta também pode contribuir para a perda de cabelo.

Por essa razão, pode ser melhor obter o zinco de alimentos integrais. Os alimentos ricos em zinco incluem ostras, carne, espinafre, gérmen de trigo, sementes de abóbora e lentilhas.

CONCLUSÃO:O mineral zinco pode melhorar o crescimento do cabelo em pessoas com deficiência dele. Boas fontes incluem ostras, carne bovina e sementes de abóbora.

8. Proteína

O cabelo é feito quase inteiramente de proteína . Consumir o suficiente é importante para o crescimento do cabelo.

Estudos em animais mostram que a deficiência de proteína pode diminuir o crescimento do cabelo e até mesmo levar à queda de cabelo.

No entanto, a deficiência real de proteínas é extremamente rara nos países ocidentais.

CONCLUSÃO:Comer proteína suficiente é importante para o crescimento do cabelo, embora atualmente a deficiência de proteína seja rara nos países ocidentais.

Você deve tomar um suplemento de cabelo?

A comida é a melhor fonte de vitaminas de que você precisa para o crescimento do cabelo.

No entanto, se você não conseguir o suficiente em sua dieta, os suplementos podem ser úteis.

De acordo com a pesquisa, os suplementos funcionam melhor em indivíduos que já são deficientes.

Além disso, grandes doses de vitaminas e minerais podem ser prejudiciais se você não for deficiente. Portanto, consulte um médico para determinar se você tem uma deficiência ou não.

No final do dia, a melhor maneira de obter esses nutrientes é ingerindo uma dieta balanceada, baseada em alimentos reais, que inclua muitos alimentos ricos em nutrientes .